• Redação UPES

Estudantes organizam movimento de boicote à Prova Paraná

Atualizado: Fev 12


Mobilização dos estudantes pelo boicote à primeira edição da prova este ano já começou




A última etapa da Prova Paraná em 2019 ficou marcada por um grande fracasso devido ao boicote dos estudantes, que se recusaram a fazer a avaliação. A ação ganhou tanta força no ano passado que cerca de 80% dos estudantes não compareceram às escolas de todo o Estado para fazer a prova, que é considerada uma fraude pela UPES diante do descaso do governo com a educação pública do Paraná.


Para este ano a Secretaria de Estado da Educação (SEED) já divulgou a data da Prova Paraná e as orientações sobre sua realização para os núcleos e direções escolares. A falsa avaliação deverá acontecer no dia 18 de fevereiro e a intenção da SEED é consolidá-la como o principal meio de avaliar a competência dos alunos das escolas públicas.


Mas se depender dos estudantes a Prova Paraná, além de não se consolidar, será novamente um vexame para o Secretário de Educação, Renato Feder, que usa a avaliação como um instrumento para tutelar o que é e deve ser estudado em sala de aula.



MOVIMENTO #BOICOTEAPROVAPARANÁ


Já na primeira semana de aula a UPES alertou os estudantes por todo o Estado sobre a primeira etapa da prova, que vai acontecer apenas treze dias depois do início das aulas: "é um absurdo a SEED querer aplicar essa prova na terceira semana de aula sem pensar que o início do ano letivo escolar é o momento de adaptação do estudante a uma nova jornada estudantil, é o momento em que muitos estão mudando de escola, turno e até de cidade. Não há nem um tempo mínimo para que a turma possa se preparar, seja psicologicamente ou pedagogicamente", afirma o presidente da UPES, Wellington Tiago.


O Movimento #BoicoteAProvaParaná já está trabalhando nas redes sociais nas orientações sobre como deve acontecer o boicote: pedindo para que os estudantes compareçam às aulas, mas boicotem o gabarito da prova. Além disso, a ideia é alertar os estudantes e também denunciar os casos de chantagens por parte das direções, que tiram notas ou oferecem recompensas como forma de convencer o aluno a realizar a prova.

2,187 visualizações1 comentário

© 2023 por União Paranaense dos Estudantes Secundaristas 

Sede Administrativa:

Palácio dos Estudantes

Rua João Manoel, 142, 

São Francisco - Curitiba-PR