• Redação UPES

Faltando 2 dias para o ENEM, veja 10 dicas para ir bem na redação

A Redação de Enem é motivo de muita apreensão entre os candidatos, com estas 10 Dicas de Redação Enem. Você pode se preparar e fazer um bom texto dissertativo argumentativo. Veja abaixo.



1 – Escrever, escrever, e escrever!

A melhor maneira de se preparar para a Redação Enem é escrever muitos textos sobre os mais diversos assuntos, sejam eles temas propostos em outras edições da prova ou temas de atualidades. O hábito de escrever é muito importante, pois confere segurança ao aluno. Então, o básico é mesmo escrever. Ler e escrever é a melhor dobradinha desta primeira dessas 10 Dicas de Redação Enem.


2 – Sem medo do relógio!

No dia da redação Enem também são aplicadas as provas de Linguagens e Matemática, com duração total de cinco horas e meia. Ou seja, o candidato terá, mais ou menos, uma hora para escrever a redação. Para não se distrair com o cálculo do tempo no dia do Exame a sugestão nossa nestas 10 dicas de Redação Enem é treinar com provas anteriores, cronometrando seu tempo médio.


3- Contra ou a favor?

Já no dia da prova, a principal ideia para você ter em mente é: “Como eu me posiciono diante deste tema da Redação Enem: contra ou a favor?”. Assim, já se define a tese, ou seja, o posicionamento que será adotado diante do tema proposto.

A partir daí, é preciso ficar de olho na estrutura cobrada pelo Enem, que é de um texto dissertativo-argumentativo


4- Estrutura da Redação do Enem

Na redação do Enem a capacidade de desenvolver um texto bem argumentado é avaliada a partir do raciocínio lógico desenvolvido pelo candidato.Considerando que se pede um texto dissertativo-argumentativo, além dos mecanismos de coesão, uma tese deve ser explicitada e devem ser expostos argumentos de diversos tipos que a sustentem.


5 – Raciocínio na Redação Enem

O alerta número 5 desta série de 10 Dicas de Redação Enem alerta você de que é preciso verificar se a seguinte estrutura de raciocínio está presente no seu texto da Redação Enem:

  • Tese inicial;

  • Dados (argumentos);

  • Garantia (conhecimentos implícitos que apoiam e complementam os argumentos);

  • Inferências (ligações implícitas que permitem relacionar os dados à conclusão);

  • Conclusão (ponto de vista central).


6 – Clareza nas ideias!

Você é um dentre os milhões de candidatos. Capriche com atenção e muito cuidado para demonstrar a clareza das ideias. Ou seja, você deve apresentar um texto de fácil entendimento. A dica de Redação é que você seja claro, mas sem ser óbvio ou repetitivo.


7 – Temas

Segundo o Ministério da Educação, a redação exige um tema de ordem social, científica, cultural ou política. Existem alguns temas que estão sempre em alta para cair no Enem, e que você pode utilizar para fazer seus rascunhos:

A Crise Política (corrupção); Energias Alternativas; Mobilidade Urbana; Assédio Sexual; Movimentos Sociais; Direitos LGBT; Envelhecimento da População; Poluição e Meio Ambiente; e A Redução da Maioridade Penal.


8- As competências avaliadas

Os aspectos a serem avaliados na redação relacionam-se às “ cinco competências” que devem ter sido desenvolvidas durante os anos de escolaridade, sendo elas, indicadas abaixo de ‘A’ a ‘E’:


Competência A: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa. É preciso atentar para o uso correto da crase, da concordância verbal, da regência, da colocação pronominal e da pontuação.


Competência B: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.


Três pontos são muito importantes nesta competência:


  1. Tangenciamento do tema (priorizar a análise parcial do tema, ignorando eixos fundamentais de discussão, provoca perda frequente de pontos);

  2. Inconveniência transdisciplinar (muitas vezes, itens incompatíveis com o tema aparecem em meio à argumentação, provocando um enfraquecimento na sustentação de posicionamentos); e,

  3. Desvio de tipologia textual predominante (para exemplificar o que se diz, muitos candidatos utilizam a descrição ou a narração e esquecem que o texto deve ser dissertativo).


Competência C: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. É preciso ter muito cuidado com a contradição (mudar de opinião no decorrer do texto ou “ficar em cima do muro”) e com a inconsistência teórica (sugerir dados equivocados ou carentes de comprovação).


Competência D: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. Ou seja, evitar a repetição de vocabular, falha de referenciação e incoerência em conectores, prejudicando excessivamente o que se pretende dizer.


Competência E: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos. Aqui, é preciso ficar atento à utopia da intervenção, à ausência do agente e ao desrespeito aos direitos humanos.


9 – Videoaulas de Redação do Enem para você mandar bem no Enem

No YouTube tem uma seleção de videoaulas gratuitas de redação para ajudar você a se preparar ainda mais para a prova. Confira esta sobre como estruturar bem o seu texto dissertativo argumentativo:


10 – Faça rascunhos, rascunhos, e rascunhos!!!

0 visualização

© 2023 por União Paranaense dos Estudantes Secundaristas 

Desenvolvido por PLAY comunicação

Sede Administrativa:

Palácio dos Estudantes

Rua João Manoel, 142, 

São Francisco - Curitiba-PR