• Redação UPES

Mais um ataque à educação pública, inclusiva e diversa


Foto: Natália Assueiro Carneiro


Em mais um ataque à Educação Pública Estadual do Paraná, o Governador Carlos Massa Ratinho Júnior, convocou de maneira extraordinária na última sexta-feira (8), os deputados estaduais para pautarem, na próxima semana, o projeto que almeja a expansão dos colégios cívico-militares em nosso Estado.

O ofício encaminhado pelo Governador, visa alterar a Lei 20338/2020, a qual, possui em seus eixos centrais, o artigo 13, que exclui a limitação de municípios com menos de 10 mil habitantes participarem do programa. Outro ponto que facilita o desmonte da educação, proposto por Ratinho Junior, é a possibilidade de municípios, com no mínimo dois colégios estaduais, desde que estejam situados na zona urbana, aderirem ao modelo cívico-militar.

A iniciativa do governo demonstra como a atual gestão pensa educação, com projetos que acabam com a essência dos ambientes escolares, de inclusão e respeito às particularidades de cada aluno, mesmo que, estas não afetam de maneira alguma o andamento da coletividade, ao menos que haja preconceitos e pré-julgamentos por parte dos membros institucionais. E é nesse sentido que caminha a educação pública paranaense com a adesão e expansão dos colégios cívico-militares. O projeto, desde o início, busca reprimir as diversidades e limitar os alunos do contato e vivência com pensamentos progressistas e inclusivos.

Outrossim, é importante citar que, os alunos de colégios inseridos no programa em questão, custam aos cofres públicos, 3 vezes a mais que os oriundos de escolas públicas. No entanto, a problemática não se trata do dinheiro investido, mas como e para quem são destinados esses recursos.

Por fim, reiteramos nosso compromisso com a educação pública, inclusiva e diversa. E afirmamos nosso repúdio e indignação quanto ao projeto que entrará em discussão na próxima segunda-feira (11) no plenário Estadual. Pedimos ainda, que cobrem seus representantes, para juntos impedirmos mais um retrocesso contra à educação paranaense.











Sobre o autor: Renato do Santos Sant 'Anna, membro da equipe de redatores da UPES e estudante secundarista. Defensor da equidade social e de uma nação humanamente progressista. 


Dica da UPES: O Documento Nacional do Estudante garante que você pague meia entrada em eventos esportivos e culturais como teatro, museus, shows e estádios. Clique na imagem e solicite já a sua carteirinha estudantil.




181 visualizações0 comentário