• Redação UPES

WELLINGTON TIAGO – DO PARANÁ PARA O BRASIL EM DEFESA DOS ESTUDANTES SECUNDARISTAS

Wellington Tiago tem 20 anos, é estudante Paranaense, ex-presidente da UPES e atual diretor de escolas técnicas da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES).

Wellington Tiago no 2º Tsunami da Educação que reuniu mais de 30 mil estudantes em Curitiba



Infelizmente, neste ano de 2020, a União Parananense dos Estudantes Secundaristas (UPES) não pode realizar seu congresso (CONUPES) devido à pandemia do COVID 19, porém no ultimo sábado de Maio, dia 30/05, Wellington entregou a gestão para Tais Carvalho através de uma plenária da direção da entidade feita por vídeo conferência, que contou com a presença de diferentes lideranças estudantis do estado, e também com Rozana Barroso, eleita recentemente presidenta da UBES.


Quando questionado sobre como se sentiu ao concluir a gestão, o ex-presidente afirmou: “Aliviado, sempre que alguém me pergunta respondo isso, fiz parte da UPES desde 2016, primeiro como diretor regional e iria completar 3 anos como presidente não foi uma tarefa fácil, mas é um sentimento de dever cumprido também, foi uma boa gestão”.


Agora, Wellington compõe a UBES, e tem como objetivo desenvolver uma boa gestão, incluindo ainda mais o movimento estudantil em todos os Institutos Federais e conquistando mais direitos para os estudantes. Paralelo a esse trabalho, também pretende ajudar os companheiros de gestão que se apresentam como candidatos no próximo pleito eleitoral.



Manifestação contra o Future-se e em defesa da rede federal, na imagem Guilherme Boulos e Wellington Tiago

Imagem: Leonardo Costa


“A rede federal é a que mais sofre ataques diretamente do governo, a exemplo foram os cortes que as instituições tiveram ano passado, sem falar da tentativa do MEC de intervir na participação da comunidade na escolha de reitores. A nível nacional vamos fazer o mesmo que fizemos no Paraná dentro do IFPR, acompanhar todos os IF‟s, dar suporte a todos os grêmios e denunciar qualquer decisão que afete os estudantes. Como as aulas remotas, vale lembrar que muitos estudantes "ifianos" não tem acesso as ferramentas necessárias para acompanhar as aulas a distância”. Foi a explicação de Wellington sobre como trabalhará em defesa das escolas técnicas do Brasil.


Esperança é o que o Movimento Estudantil significa para ele hoje. “É o movimento estudantil que, através das jovens lideranças, apresenta esperança para a sociedade, para a política, para o Brasil. A UPES foi revolucionária na minha vida, progrediu meu pensamento, me ajudando a ser uma pessoa melhor. E acho que no fundo essa é a tarefa do movimento estudantil, transformar a vida e a realidade dos estudantes”, afirma.


Os estudantes Paranaenses são gratos por todo trabalho realizado pela UPES nesses quase três anos de luta, e desejamos sucesso para a nova gestão e para Wellington nessa nova fase na UBES.



Sobre a autora: Letícia Fernanda de Abreu é estudante de técnico em alimentos integrado ao ensino médio pelo IFPR Campus Colombo, feminista e presidenta da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Colombo, conduzindo o movimento estudantil na cidade. Pretende prestar vestibular para jornalismo no próximo ano. Ama animais, adora dançar, escrever, falar em público, desenvolver projetos e nas horas vagas curto um pagodinho. Instagram: lele_fernanda03.

Dica da UPES: O Documento Nacional do Estudante garante que você pague meia entrada em eventos esportivos e culturais como teatro, museus, shows e estádios. Clique na imagem e solicite já a sua carteirinha estudantil.


82 visualizações

© 2023 por União Paranaense dos Estudantes Secundaristas 

Sede Administrativa:

Palácio dos Estudantes

Rua João Manoel, 142, 

São Francisco - Curitiba-PR