COMO O MOVIMENTO ESTUDANTIL SE ORGANIZA

O Movimento estudantil funciona em rede, levando demandas da base, de dentro das escolas através dos grêmios estudantis até o topo na UBES tendo as lutas propagadas por essa rede. Abaixo especificaremos cada entidade da rede do movimento estudantil e nos submenus deste site você pode cadastrar sua UMES e seu Grêmio estudantil na rede da UPES e UBES. 

UNIÃO BRASILEIRA DOS ESTUDANTES SECUNDARISTAS

É a entidade máxima de representação dos estudantes secundaristas no país. Seu objetivo é defender os interesses e as opiniões dos estudantes dos ensinos fundamental, médio e técnico. Funciona como mediadora de questões específicas à educação e também de outros problemas relacionados à juventude. Realiza seu congresso a cada dois anos para deliberar as plataformas da entidade e eleger a nova diretoria, além de conselhos periódicos, encontros diversos e campanhas, sempre garantindo a ampla participação dos estudantes.

No movimento estudantil universitário a entidade máxima é a UNE - União Nacional dos Estudantes e quando se trata da representação dos pós graduandos a entidade é a ANPG - Associação Nacional dos Pós Graduandos. 

 

UNIÃO PARANAENSE DOS ESTUDANTES SECUNDARISTAS

Representa os estudantes do ensino fundamental, médio e técnico do Paraná. Diretamente ligada à UBES, cabe à UPES divulgar as campanhas e atividades da entidade nacional, bem como desenvolver um programa político de atuação própria, de acordo com com cada realidade. Realiza congressos bienais que elegem sua diretoria e os delegados de cada instituição de ensino para o Congressos da UBES.

No movimento estudantil universitário a entidade estadual é a UPE - União Paranaense dos Estudantes que assim como no caso das entidades nacionais, caminha junto com a organização secundarista construindo a luta estudantil no estado. 

 

UMES

UNIÕES MUNICIPAIS DOS ESTUDANTES SECUNDARISTAS

Representa os estudantes do ensino fundamental , médio e técnico de um mesmo município. Diretamente ligada às Uniões Estaduais e a UBES, cabe à UMES reproduzir as campanhas e atividades de ambas entidades, bem como desenvolver um programa político de atuação própria, de acordo com a realidade de cada cidade. Realiza congressos anuais ou bienais que elegem os rumos da entidade e elegem a nova diretoria. Quando se trata do movimento universitário não há entidades municipais de organização. 

Se a sua cidade não tem uma UMES você pode organizar os estudantes para fundar ou reorganizar a entidade dos estudantes. confira o passo a passo clicando no link abaixo. Caso sua cidade já tenha uma UMES você pode cadastrar ela na rede da UPES clicando no mesmo link. 

 

GRÊMIOS ESTUDANTIS

Entidade que representa o conjunto dos estudantes de uma mesma escola do ensino fundamental, médio ou técnico. O Grêmio possibilita a discussão sobre os problemas gerais ou específicos das instituições de ensino, desenvolvendo as lutas dos estudantes, assim como promovendo sua interação por meio de atividades culturais e acadêmicas. Representa os estudantes de cada escola nos fóruns gerais do movimento estudantil secundarista e promove o diálogo com as entidades gerais (Uniões Estaduais e UBES). Realizam eleições anuais e também assembleias gerais.

Se a sua escola não tem um grêmio estudantil você pode organizar os estudantes para fundar ou reorganizar ele. confira o passo a passo clicando no link abaixo. Caso sua escola já tenha um grêmio estudantil você pode cadastrar ele na rede da UPES clicando no mesmo link. 

 

GRÊMIO

ESTUDANTIL

 

REPRESENTANTE DE TURMA

Toda turma tem aquela pessoa que se destaca, não é mesmo? Aquela que tem o espírito de liderança, que usa os melhores argumentos de convencimento e tem uma ótima oratória. Além disso, essa pessoa se dá bem com todo mundo? Pois bem, ela pode ser o representante de turma da sua sala.
 
Representar uma turma é uma função que requer muita responsabilidade, já que não é todo mundo que vai saber lidar com a correria do estágio/trabalho, das aulas e desse cargo de “chefia”. Mas, apesar da carga de comprometimento, existem motivos que são tornam a função de representante de turma atrativa.
 
Os representantes de turma são alunos da própria classe que têm uma função parecida com a de mediação e gerência. É esse estudante que vai levar questões comuns dos demais colegas de sala para professores e coordenadores. Eles também podem tomar decisões importantes pela turma, já que têm o poder para isso - mas, claro, após uma consulta aos demais colegas. É um tipo de “prefeito” da classe.

 

© 2023 por União Paranaense dos Estudantes Secundaristas 

Sede Administrativa:

Palácio dos Estudantes

Rua João Manoel, 142, 

São Francisco - Curitiba-PR